A escrever nas nuvens
comentar
publicado por Girassol, em 11.05.12 às 13:44link do post | favorito

"Ser imortal é insignificante; com excepção do homem, todas as criaturas o são, pois ignoram a morte; o divino, o terrível, o incompreensível é saber-se imortal."

 

Jorge Luís Borges in "O ALEPH"

 

sinto-me:
música: Who wants to live forever

comentar
publicado por Girassol, em 16.09.09 às 22:52link do post | favorito


"Uma palavra é como a nota que procura outras para um acorde perfeito"

 

Eugénio de Andrade

 

 


 

 

 

 

 

 

sinto-me:
música: Vivaldi - Winter

comentar
publicado por Girassol, em 06.04.09 às 21:15link do post | favorito

"Se treme de indignação cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então nós somos companheiros."

Che Guevara

 

 

 


  

 

sinto-me:
música: Buena Vista Social Club - Candela

comentar
publicado por Girassol, em 31.01.09 às 18:32link do post | favorito

"If the doors of perception were cleansed everything would appear to man as it is, infinite."

 

 "Se as portas da percepção estivessem limpas, tudo apareceria para o homem tal como é: infinito."

 

William Blake

 

 

Infinity - Guru Josh Project

 

 " Here's my key
Philosofy
A freak like me
Just needs infinity

Relax
Take your time


And take your time
To trust in me
And you will find
Infinity, infinity..."

 

 

sinto-me:
música: Infinity - Guru Josh Project

comentar
publicado por Girassol, em 14.01.09 às 10:16link do post | favorito

"Nothing is permanent in this wicked world - not even our troubles"

Charlie Chaplin

sinto-me:
música: Simon & Garfunkel - Bridge Over Troubled Water

comentar
publicado por Girassol, em 05.01.09 às 15:54link do post | favorito

"Once is happenstance, twice is coincidence, three times is enemy action."
Ian Fleming

 

Ao tempo que tinha ouvido esta frase e não sabia o seu autor. Ontem a ver o C.S.I. o Gil Grissom di-la e refere a origem!

sinto-me:
música: Madonna- Die Another Day

comentar
publicado por Girassol, em 16.12.08 às 17:06link do post | favorito
"For one human being to love another; that is perhaps the most difficult of all our tasks, the ultimate, the last test and proof, the work for which all other work is but preparation."
Rainer Maria Rilke


"The real voyage of discovery consists not in seeking new landscapes, but in having new eyes."
Marcel Proust

 

 

 

sinto-me:
música: Diana Ross - Do You Know

comentar
publicado por Girassol, em 11.10.08 às 21:48link do post | favorito

No fundo, é isso, a solidão: envolvermo-nos no casulo da nossa alma, fazermo-nos crisálida e aguardarmos a metamorfose, porque ela acaba sempre por chegar.

Strindberg , August    

 

 

 

"Theres a lump in my throat and an ache in my heart
Theres tears in my eyes, cos were an ocean apart
Theres nothing quite as real as being on my own
Nothing quite as true as being all alone
This bird has flown
But when the summer has passed shell come back home

Love, come wing your way
Sweet bird of passage, come home to stay
Love, come wing your way
Sweet bird of passage, come home to lay with me
May you stay with me forever

With the change of seasons, she flies her nest
And like the sun at dusk, she sets to the west
Loneliness is the cross I bear
Solitude is the cloak I wear
I miss you, I need you, I love you
When the autumn comes Ill be waiting for you

Love, come wing your way
Sweet bird of passage, come home to stay
Love, come wing your way
Sweet bird of passage, come home to lay with me
May you stay with me forever
Forever, forever, forever"

sinto-me:
música: The Mission - Bird of passage

comentar
publicado por Girassol, em 01.05.08 às 18:42link do post | favorito

" A calúnia é pior que as armas de guerra; estas ferem de perto; aquela, de muito longe"

Talmud de Jerusalém, Peá 1,1.

sinto-me:
música: Fácil de entender - The gift

comentar
publicado por Girassol, em 01.02.08 às 10:08link do post | favorito

Ser marginal. Não ser fora-da-lei por desprezo da norma comum. Por amoralidade, miserabilismo, ou abjecção. Ser apenas do lado da vida em que não passa muita gente, se é quase anónimo, fora do alvo que é visado pela notoriedade, curiosidade pública, grande reputação. Ser em humildade, na discrição de nós, na curta dimensão de nós. Não é por comodismo, orgulhosa modéstia, ressentimento. Não por nada disso ou outras coisas disso, mas só para nos não perdermos de nós, não nos esbanjarmos na invasão da dissipação alheia. Não por nada disso mas só pela economia do pouco que nos pertence e mal dá para abastecer uma vida. Ser marginal - sê marginal. Afecta a ti próprio o espaço que é para ti e para ti te foi dado. Na intimidade de ti, na reserva de ti, na pobreza de ti. O mais que viesse e te invadisse o teu espaço, que é que te dava? A ampliação do teu rumor na amplificação alheia dele, seria alheio e não teu. A tua voz é breve, não a amplies ao que não é. E o teu pensar, o teu sentir, o teu ser. Não os sejas mais do que és. E então verdadeiramente serás.

Vergílio Ferreira, in 'Conta-Corrente IV'

sinto-me:
música: E depois do adeus - Paulo Carvalho

mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO