A escrever nas nuvens
comentar
publicado por Girassol, em 01.02.08 às 10:08link do post | favorito

Ser marginal. Não ser fora-da-lei por desprezo da norma comum. Por amoralidade, miserabilismo, ou abjecção. Ser apenas do lado da vida em que não passa muita gente, se é quase anónimo, fora do alvo que é visado pela notoriedade, curiosidade pública, grande reputação. Ser em humildade, na discrição de nós, na curta dimensão de nós. Não é por comodismo, orgulhosa modéstia, ressentimento. Não por nada disso ou outras coisas disso, mas só para nos não perdermos de nós, não nos esbanjarmos na invasão da dissipação alheia. Não por nada disso mas só pela economia do pouco que nos pertence e mal dá para abastecer uma vida. Ser marginal - sê marginal. Afecta a ti próprio o espaço que é para ti e para ti te foi dado. Na intimidade de ti, na reserva de ti, na pobreza de ti. O mais que viesse e te invadisse o teu espaço, que é que te dava? A ampliação do teu rumor na amplificação alheia dele, seria alheio e não teu. A tua voz é breve, não a amplies ao que não é. E o teu pensar, o teu sentir, o teu ser. Não os sejas mais do que és. E então verdadeiramente serás.

Vergílio Ferreira, in 'Conta-Corrente IV'

sinto-me:
música: E depois do adeus - Paulo Carvalho

Gtontices a 1 de Fevereiro de 2008 às 13:00
É meu lema de vida e tenho seguido essa máxima:

SÊ VERDADEIRO! SÊ TU PRÓPRIO!

Sê natural! SÊ TU MESMO!

e de facto SOMOS O QUE SENTIMOS, O QUE PENSAMOS! SOMOS VERDADEIROS!

Gostei deste post!

AMT
bj

mais sobre mim
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
15
16

19
21
22

24
25
26
27
29


pesquisar
 
blogs SAPO